Páginas



           Não há mudança sem trauma. Qualquer mudança confirma o final de um período, a perda de um eu.
(Como Esquecer - 2010)



 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Nilson Ramos disse...

Não há exagero em afirmar as percas e os danos das mudanças. Afinal, a única certeza da vida é a mudança. Eu sei, e você também sabe que é clichê. Mas, Márcia, apesar do chavão, existe a verdade lógica dos lugares-comuns: "Não há mudança sem trauma".

Perdemos a inocência da infância, a rebeldia da adolescência, a sabedoria da maturidade e a vitalidade da juventude. Perdemos, mas é apenas o fim de um período. Pois, mesmo com todas essas mudanças e traumas a vida continua...

“Quando pensar que chegou ao fim do caminho, dobre mais uma esquina.”

Márcia Fernanda disse...

Querido Nilson... seu comentário merece um post...